Tudo sobre o processo da oxidação da pele

Tudo sobre o processo da oxidação da pele

Você sabia que o processo de oxidação da pele é natural do corpo? É comum surgirem rugas, manchas, linhas de expressão e flacidez conforme a idade. No entanto, pode ocorrer uma aceleração desse processo devido a alguns hábitos de vida e fatores externos, como a poluição.

O processo consiste na perda de elastina, colágeno e gordura da pele. Para você entender melhor como funciona a oxidação, os efeitos na derme e como prevenir o envelhecimento precoce, preparamos este conteúdo com todas as informações necessárias. Saiba mais a seguir!

O que é a oxidação da pele?

O processo de oxidação da pele é o responsável pelo envelhecimento da pele. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a oxidação interfere no metabolismo celular e altera a função das células, fazendo com que o processo de regeneração fique mais lento. O principal causador dessa alteração são os radicais livres

Os radicais livres são moléculas “tóxicas” produzidas naturalmente pelo organismo, mas quando há produção em excesso, danifica as células e provoca reação oxidativa, também conhecido como estresse oxidativo. O aumento dos radicais livres na pele pode ser causado por diversos fatores, como:

  • Má alimentação;
  • Exposição solar sem proteção;
  • Falta de cuidados com a pele;
  • Poluição ambiental;
  • Tabagismo;
  • Pesticidas;
  • Estresse;
  • Consumo de álcool.

O estresse oxidativo age em células, como colágeno e elastina, causando alterações nas suas funções na pele. Além disso, o processo também provoca lentidão na renovação celular, ou seja, as células mortas demoram para serem substituídas por novas.

Quais os problemas causados pelos radicais livres na pele?

Os radicais livres alteram as funções de células importantes para a saúde e beleza da pele, causando problemas, como:

  • Aumento da flacidez na pele;
  • Surgimento rugas e linhas de expressão;
  • Perda de colágeno;
  • Diminuição das fibras elásticas;
  • Redução da barreira protetora;
  • Diminuição da umidade na derme;
  • Aumento do risco de câncer de pele;
  • Entre outros sinais do envelhecimento cutâneo.

Como evitar o processo de oxidação da pele?

Para evitar o envelhecimento precoce da pele, a principal dica é prevenção. Os cuidados com a derme devem ter uma atenção especial. Com isso, é preciso neutralizar a produção excessiva de radicais livres com antioxidantes

Essa substância tem o poder de reduzir os danos causados pela molécula “tóxica”. Por isso, os produtos para o cuidado da pele com antioxidantes são fundamentais na rotina de skincare, principalmente se for aliado a nutrientes como vitaminas A, C e E, niacinamida e glutationa. 

Também é importante diminuir a produção de radicais livres mantendo uma alimentação saudável por meio de uma dieta baseada em frutas, vegetais, legumes, nozes e grãos integrais, uma boa noite de sono e prática de atividades físicas, evitando consumo excessivo de açúcar, carboidratos, gorduras saturadas, conservantes, aditivos químicos, tabaco e álcool.

O que não faltam são opções de prevenção para o diminuir os danos causados pela oxidação da pele. Procure seu dermatologista para manter a sua pele jovem e saudável, e conte com os produtos da Glow Vibes para te ajudar nesse processo.

Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a cuidarem da pele!


Publicação Mais Antiga Publicação Mais Recente